in

Jairinho fica em maus lençóis após foto íntima vazada e terá que se explicar

O vereador está preso em Bangu 8 desde o último dia 8 de abril, assim como Monique.

UOL/Montagem
Publicidade

A situação do vereador Jairo Souza Santos Júnior tem se complicado cada vez mais ao longo das investigações. O político, de 42 anos, está sendo investigado pela morte de Henry Borel Medeiros, seu enteado, filho da professora Monique Medeiros da Costa e Silva.

Após prestar depoimento sobre o caso Henry, sobre o qual se declara inocente, Jairinho, como é chamado popularmente o parlamentar, agora terá que se explicar sobre outro inquérito: o vazamento de uma foto íntima de uma ex-namorada.

A fotografia foi vazada pela primeira vez quando Jairinho e a moça terminaram o relacionamento. O político teria tentado reatar o namoro com a moça, hoje com 31 anos de idade, mas não conseguiu retomar a relação.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Agora, depois que a testemunha prestou depoimento contra Jairinho, a foto passou a circular novamente. A polícia irá intimar Jairo e seu advogado André França Barreto, para depor acerca do episódio de exposição da ex-namorada.

A cabeleira que teve um relacionamento com Jairinho disse que ele a agredia e também a sua filha, na época com apenas quatro anos de idade. O parlamentar teria tentado afogar a criança enquanto os dois estavam sozinhos.

O político está cumprindo pena temporária em Bangu 8. Ele está em uma cela com mais cinco prisioneiros e saiu do isolamento, podendo ficar no pátio junto com o restante dos detentos da unidade prisional.

O inquérito que visa solucionar a morte de Henry deve ser finalizado ainda nesta semana pelo delegado responsável, Henrique Damasceno.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Aurilane Alves

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn