in

Sem comorbidades, estudante morre vítima da Covid-19 um mês após dar à luz; ela nem sequer conheceu o bebê

Jovem estava muito ansiosa para ser mãe, mas nem sequer pôde conhecer o bebê.

UOL
Publicidade

Uma jovem de 26 anos, sem nenhum tipo de comorbidades, morreu vítima da Covid-19, no último domingo (25), na Paraíba. A estudante identificada como Mikaela Muniz, segundo familiares, testou positivo para a doença durante a gestação do seu primeiro filho, tendo uma piora dias antes do parto.

No dia 15 de março, Mikaela deu entrada em um hospital de João Pessoa, e foi submetida a uma cesariana de emergência. Após o parto, a situação da jovem ficou grave e ela precisou ser intubada.

Em entrevista ao UOL, o marido de Mikaela desabafou sobre a situação vivida, relatando que a jovem não tinha nenhum tipo de doença, mas acabou sendo dominada pela Covid-19.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

“Mikaela passou 25 dias intubada. Meu filho está perfeito, graças a Deus. Não teve nada. A gente não consegue entender o propósito disso tudo. Essa doença é muito triste. Muito invasiva. Dominou ela. Ela não tinha nenhum tipo de doença. A gravidez baixou a imunidade dela. Pegou só nos pulmões”, desabafou Arthur Prado, companheiro da jovem.

O jovem, que trabalha como motorista de aplicativo, admitiu que no início não acreditou no poder de destruição da Covid-19. Contudo, ao conviver com o sentimento horrível na família, mudou drasticamente sua opinião, e agora reforça para que todos tenha os devidos cuidados e consciência. 

Segundo uma amiga de Mikaela ouvida pelo UOL, a jovem mostrava bastante expectativa para se tornar mãe. Contudo, diante do quadro positivo da Covid-19, ela nem sequer pôde conhecer o filho.

Números da Covid-19

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado, o estado da Paraíba computa quase 290 mil casos confirmados de infecção pelo coronavírus. O número de mortos na região é de 6.676. Todos os 223 municípios do estado registraram casos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade