in

Padrasto é filmado agredindo enteado de 13 anos durante aula online; alunos e professores assistiram a cena

Caso ocorreu em Erechim, Rio Grande do Sul, e está sendo investigado pelo Ministério Público.

R7 | Divulgação
Publicidade

Uma cena de agressão tem revoltado internautas na última semana. O caso ocorreu em Erechim, Rio Grande do Sul, e está sendo investigado pela Polícia Civil e pelo Ministério Público da cidade. Nas imagens que circulam na internet, um homem é visto puxando o cabelo de uma criança que aparenta estar amedrontada. 

De acordo com o site G1, o agressor seria o padrasto do menino de apenas 13 anos de idade. A criança estaria assistindo uma aula on-line no último dia 12 deste mês quando foi agredida pelo padrasto. Professores e colegas de classe assistiram às cenas estarrecidos.

O Conselho Tutelar da cidade já confirmou a veracidade do vídeo. No registro, é possível ver o momento em que o homem puxa o menino de frente do computador. Em seguida, a criança se senta novamente e tem o cabelo puxado pelo padrasto. O Conselho Tutelar solicitou que o colégio oriente às crianças a não reproduzirem o vídeo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Ao saber das agressões, a mãe do menino teria registrado um boletim de ocorrência contra o companheiro através da internet. O casal já foi intimado a depor na delegacia e a escola onde a criança estuda não quis se manifestar sobre o ocorrido. O menor já teria sido encaminhado ao aconselhamento psicológico.

O Ministério Público está investigando de forma aprofundada os fatos, tanto na seara da infância e da juventude, buscando tutelar os direitos do adolescente vítima”, disse o MP através de nota à equipe do site G1. O padrasto do menino já teria deixado a casa da família após determinação da companheira e até o momento não foi preso. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade