in

Caso Henry: novos detalhes divulgados mostram que garoto sofreu muito antes de morrer

Henry teria sido torturado cerca de um mês antes de morrer; detalhes foram divulgados.

ARQUIVO PESSOAL MONIQUE MEDEIROS / REPRODUÇÃO RECORD TV
Publicidade

Henry Borel, garoto de quatro anos que morreu na madrugada do dia 8 de março, sofreu bastante antes da morte. Esta é a triste conclusão após as informações divulgadas pela Polícia Civil do Rio de Janeiro nesta quinta-feira (8), quando a mãe e o padrasto do garoto foram presos.

Jairo Souza Santos, o vereador Dr. Jairinho, e a professora Monique Medeiros foram detidos pela polícia no começo da manhã de hoje. O casal estava na casa de uma tia de Jairinho, em endereço diferente do que passaram à polícia na delegacia.

Eles haviam prestado depoimento há três semanas. Na época, os dois eram apenas testemunhas da morte de Henry. Nos últimos dias, a Polícia Civil passou a tratá-los como investigado. Henry chegou morto ao hospital Barra D’Or, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, na madrugada do dia 8 de março.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A Polícia investigava o que aconteceu no apartamento onde, segundo Monique, o garoto foi encontrado caído à beira da cama. Ela e Jairinho deram entrevista à Record TV e falaram em acidente doméstico. A Polícia Civil descartou as hipóteses após reprodução simulada.

Laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que Henry sofreu laceração no fígado e hemorragia interna. Ele também apresentava lesões e edemas pelo corpo. Segundo o laudo, ações contundentes teriam causado as lesões no garoto. Esse já é o indício de que ele sofreu.

Polícia cita suposta tortura de Jairinho

A Polícia Civil divulgou as mensagens trocadas entre a mãe de Henry e a babá do garoto. Os relatos mostram que o menino havia sido agredido por Jairinho em outra oportunidade e Monique falou em colocar microcâmera no quarto. Além das prováveis agressões físicas – Henry reclamou de dor de cabeça à babá enquanto tomava banho -, o menino também sofreu tortura psicológica porque estaria sendo ameaçado para não contar à mãe o que acontecia.

No episódio em que ele ficou mancado e pediu para a babá não lavar sua cabeça porque doía, Henry havia ficado trancado no quarto com Jairinho durante um dia à tarde. As mensagens reveladas mostram que a babá contou para Monique o que estava acontecendo e a mãe ficou desesperada.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!