in

Governo de São Paulo cria ‘Bolsa do Povo’ para auxiliar financeiramente cidadãos

O novo programa visa a ampliação da transferência de renda e assistência social oferecida pelo estado.

Reprodução/Governo do Estado de São Paulo
Publicidade

Nesta última quarta-feira (7), o governo do estado de São Paulo anunciou que criou a “Bolsa Povo”, um programa social que tem como objetivo ampliar os recursos que são destinados as políticas públicas que já são desenvolvidas pelo governo estadual. De acordo com o governador de São Paulo, João Doria, o investimento realizado pelo estado será em torno de 1 bilhão de reais. 

João Doria disse que o programa de assistência social beneficiará 500 mil famílias paulistas, o total de pessoas que serão agraciadas pelo benefício totalizará 2,5 milhões de pessoas.

O governador de São Paulo, ainda declarou que há emergência na aprovação do projeto de lei que irá estruturar o programa de assistência social, e que irá o enviar o mais rápido possível para a Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo). João Doria pretende que o “Bolsa Povo” seja colocado em prática ainda no mês de abril.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A renda extra será repassada diretamente ao cidadão através da ampliação do dinheiro já recebido de outros programas sociais. O repasse será feito aqueles que já possuem acesso ao Renda Cidadã e o Ação Jovem que atualmente pagam 80 e 100 reais respectivamente.

O governador, João Doria afirmou que o programa será essencial, pois além do problema enfrentado pelo estado por causa da pandeia de Covid-19, também está havendo um crescimento acelerado da miséria entre a população mais carente do estado. O governador disse que está atento as necessidades da população paulista.

A fase emergencial da quarentena em São Paulo está para se encerrar no dia 11 de abril, e uma das principais preocupações do governo estadual são as medidas necessárias para reabrir o comércio, mas sem que os casos de Covid-19 voltem a se elevar.

Publicidade
Publicidade