in

Horas antes de ser presa com o namorado, mãe de Henry fez postagem em rede social: ‘Me orgulho’

A professora e o namorado foram encaminhados para realizar novo depoimento.

Instagram/Monique Medeiros
Publicidade

Nesta quinta-feira (08/04), a Polícia Civil da Barra da Tijuca, após determinação da Justiça, efetuou a prisão de Jairo Souza Santos Júnior, conhecido popularmente como Dr. Jairinho, e a professora Monique Medeiros. 

O casal é tido como suspeito pela morte de Henry Borel Medeiros, cujo óbito foi declarado na madrugada em um hospital do Rio de Janeiro. O menino, de quatro anos de idade, era filho da professora com o engenheiro Leniel Borel, com quem ela foi casada por cerca de dez anos.

Após o caso gerar repercussão, Monique foi entrevistada por Roberto Cabrini e deixou claro que não foi culpada pela morte do filho. O namorado da professora também se declarou inocente, porém as supostas provas contra o casal começaram a surgir e a Justiça determinou a prisão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

No dia anterior à detenção de Monique, a professora havia feito um post em um perfil no instagram dedicado a Henry. Na publicação, a mulher falou sobre se orgulhar de supostamente ser uma boa mãe para a criança.

Me orgulho da mãe que me tornei e me orgulho do filho que tive. Que possamos lembrar dele sempre com o afeto e a leveza que ele carregava em seu olhar. Que estejamos em paz com Deus para ultrapassar as provações e com muita fé para entendermos os propósitos do Pai“, disse Monique.

A professora e o namorado serão ouvidos em depoimento na delegacia da Barra e logo depois devem ser encaminhados para uma unidade prisional, ainda não divulgada. O advogado que está cuidando da defesa de Jairinho e da namorada pode ser pronunciar em breve sobre o caso.

Publicidade
Publicidade
Aurilane Alves

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn