in

Caso Henry: vídeo de criança em risco é usado à favor de Monique e Jairinho

Defesa do casal criou perfil em rede social e advogado defende que Henry sofreu lesões.

Arquivo pessoal Monique Medeiros / Reprodução Record TV
Publicidade

Henry Borel, de quatro anos, morreu na madrugada do dia 8 de março, após ser levado ao hospital pela mãe, Monique Medeiros, e pelo padrasto, Jairo Souza Santos Júnior, o vereador Dr. Jairinho. O garoto chegou ao Hospital Barra D’Or, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, sem vida.

Laudo divulgado pelo Instituto Médico Legal (IML) apontou que Henry sofreu lesões no crânio, no estômago, no fígado e nos rins. A mãe diz que ele caiu da cama. Em um primeiro momento, Jairinho e Monique eram testemunhas do caso. Na semana passada, a Polícia Civil atualizou o status e os dois passaram a ser investigados.

Defesa do casal cria perfil no Instagram

De acordo com a lei brasileira, o ônus da prova cabe a quem acusa. Isso significa que quem acusa alguém de ter cometido um crime é quem deve provar. Apesar disso, a defesa de Jairinho e Monique se apressa para mostrar que eles não cometeram nenhum crime naquela madrugada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A defesa dos dois criou um perfil no Instagram. No primeiro vídeo postado por lá, o advogado André França Barreto deixa uma pergunta no ar. “Acidentes domésticos podem provocar a morte de uma criança?”, diz a legenda do vídeo. O advogado explica que sim e cita como exemplo o vídeo abaixo.

Todo cuidado é pouco. Laurinha aventureira.???https://instagram.com/alex.lorao22?igshid=71vpbahcjl5whttps://youtu.be/VZnmZwR-b10https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2021/02/22/video-de-bebe-que-sobe-escada-e-fica-pendurado-para-ver-a-janela-viraliza.htm

Posted by Alex Lorão on Saturday, February 20, 2021

França Barreto diz que citou o caso a um dos investigadores da 16ª DP. O advogado ainda cita outro caso no vídeo postado no perfil Henry Borel Medeiros em que conta o caso de uma criança que sofreu acidente doméstico e só foi levada ao hospital horas depois. O menino morreu. A defesa sustenta que Henry sofreu acidente doméstico. Laudo da reprodução simulada que será divulgado nos próximos dias vai apontar se essa hipótese está correta ou se ele foi vítima de um crime.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!