in

Vídeo: Bolsonaro entrega casas para pessoas pobres e se depara com triste situação

Presidente discursou durante entrega de moradias do programa Casa Verde e Amarela.

Reprodução Globo
Publicidade

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) entregou moradias para pessoas mais pobres, em Brasília, nesta segunda-feira (5). O programa Casa Verde e Amarela recebeu aporte de R$ 53 milhões vindos do governo federal via Caixa Econômica Federal.

Durante o evento, Bolsonaro retirou a máscara para discursar. As pessoas em volta do presidente usavam o item de proteção contra o coronavírus. Bolsonaro aproveitou para falar sobre desemprego no Brasil. O presidente, crítico contumaz do movimento “Fica em casa”, afirmou que os imóveis foram entregues porque pessoas não ficaram em casa.

Bolsonaro chamou a atenção para o público para o qual entregou as casas. “O que dói no coração da gente. De quatro pessoas que a gente entregou, de forma simbólica, a chave, uma é aposentada e três estão desempregadas. Três estão desempregadas. Pessoas humildes. Só Deus sabe como estão sobrevivendo”, afirmou Bolsonaro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Nesta terça-feira, o governo federal voltou a pagar o Auxílio Emergencial para pessoas necessitadas. Na nova rodada do benefício, serão pagas quatro parcelas. Os beneficiários do Bolsa Família começam a receber a partir do dia 16.

No ano passado, cerca de 67 milhões de brasileiros receberam ao menos uma parcela do benefício. Os valores deste ano são menores e variam de R$ 150 a R$ 375, dependendo da composição familiar. O pagamento começa a ser feito em um momento de alta no número de mortes em decorrência da Covid-19 no país. Mais de 330 mil brasileiros perderam a vida para a doença causada pelo coronavírus.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!