in

Bolsonaro avisa que será vacinado contra a Covid-19 um dia após dizer que pensaria no assunto

O presidente Bolsonaro afirmou ao Ministério da Saúde que tomara a 1ª dose da vacina contra o vírus neste sábado, 3.

Reprodução/Divulgação
Publicidade

O presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou ao Ministério da Saúde na última sexta-feira, 2, que pretende tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19 já neste sábado, 3, data em que o Distrito Federal dará início a vacinação para pessoas com 66 anos ou mais. Atualmente, Bolsonaro está com 66 anos, as informações foram divulgadas em primeira mão pelo Correio Brasiliense.

De acordo com informações do jornal, o GSI (Gabinete de Segurança Institucional) vem frequentemente alertando o presidente sobre o risco de ele acabar sendo reinfectado com a Covid-19, desta vez, com uma das novas cepas do vírus.

Vale lembrar que em julho de 2020, Bolsonaro testou positivo para a doença. Mesmo assim, por diversas vezes o chefe do Executivo chegou a afirmar que não iria se vacinar contra o vírus, isso porque já havia contraído e se curado da doença, por isso, alegava já possui anticorpos contra a Covid-19.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Segundo informações do Correio Brasiliense, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que também é médico cardiologista, será o responsável por aplicar a vacina no presidente. Além disso, o jornal ainda informa que Bolsonaro será imunizado com a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com Fiocruz.

A notícia de que Bolsonaro será vacinado neste sábado contradiz uma fala feita pelo presidente na última quinta-feira, 1º, em sua live semanal. Na transmissão, o mandatário chegou a afirmar que só iria decidir se iria ou não se vacinar contra o vírus depois que o último brasileiro já estivesse vacinado.

Publicidade
Publicidade