in

Caso Henry: pai do garoto não poupa Monique e acredita que ela participou da morte do filho

Leniel Borel de Almeida deu entrevista à revista Veja e não poupou ex-mulher.

Arquivo pessoal Leniel / Reprodução Record TV
Publicidade

Leniel Borel de Almeida deu entrevista à revista Veja. Ele é pai do garoto Henry Borel, de quatro anos, que morreu na madrugada do dia 8 de março. O garoto estava no apartamento onde morava, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, com a mãe e o padrasto.

Monique Almeida contou que foi ao quarto e encontrou o filho caído na beira da cama. O menino estava com os olhos revirados, com as mãos frias e não respondia. Monique e o namorado, Jairo Souza Santos, o Dr. Jairinho, levaram Henry ao Hospital Barra D’Or, no mesmo bairro do apartamento.

Henry chegou ao hospital morto. Segundo Leniel, Monique queria que o enterro acontecesse rápido. Ele também contou que descobriu que Jairinho não queria que o corpo fosse levado ao Instituto Médico Legal. Os médicos do hospital aconselharam a levar.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Leniel contou à Veja que ficou sozinho no IML. Monique não esteve com ele. Questionado se acreditava em participação da ex-esposa na morte de Henry, ele foi direto. “Vários fatos me fazem a acreditar que sim”, disse Leniel. O engenheiro ainda perguntou qual mãe não estaria desesperada e lutando para saber o que aconteceu com o filho.

Laudo do IML apontou causa da morte

Laudo do Instituto Médico Legal (IML) mostrou que Henry sofreu hemorragia interna e laceração hepática causadas por ação contundente. Ele também tinha edemas pelo corpo.  O grande questionamento é se queda da cama, como alegaram Monique e Jairinho, causariam as lesões que Henry apresentava. A Polícia Civil fez reconstituição e deve chegar a uma resposta em breve.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!