in

Menino de 12 anos teve morte cerebral após participar do desafio no Tik Tok; pai implora pelo filho

O pai de Joshua Haileyesus, de 12 anos, diz que os médicos pediram para que a família se prepare para a despedida.

Reprodução: IstoÉ
Publicidade

Um menino de 12 anos está em estado grave em um hospital do Colorado, nos Estados Unidos, após tentar realizar o “desafio do apagão” do Tik Tok- onde o desafiado coloca uma corda ou um cinto no pescoço e tenta fizer sem respirar pelo máximo de tempo que conseguir.

No dia 22 de março, Joshua Haileyesus foi encontrado inconsciente pelo irmão no gêmeo no banheiro de casa. Familiares acreditam que o menino estava tentando usar um cadarço para se sufocar. Desde então, o menino segue internado.

O pai do menino, Haileyesus Zeryihun, diz que nesta semana a equipe médica informou que o menino está com morte cerebral e, por isso, pediu que eles se preparem para a despedida porque ele não vai sobreviver.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Para a emissora local CBS4, o pai do menino afirmou que o médico já disse que ele não vai sobreviver. Desesperado, Haileyesus diz que estava implorando para os médicos não desistissem dele.

O pai conta que o filho é um lutador, por isso, pode vê-lo lutando pela vida. Além disso, ele diz estar orando pelo filho todos os dias.

Familiares de Joshua esperam que esse triste episódio inspire outras pessoas a conversar sobre os jogos em potencial que podem machucar seriamente outras crianças. Ao comentar sobre o assunto, familiares do menino, que são organizadores da campanha no Go Foun Me, se dizem tristes ao ver alguém com um futuro promissor correr risco de vida, por isso, se dizem preocupados com outras famílias que, assim como eles, não tinham conhecimento da existência do “desafio do apagão” e outros semelhantes.

Publicidade
Publicidade