in

Caso Henry: polícia encontra celulares de mãe e padrasto e descobre o que eles fizeram

O advogado tentou defender a atitude tomada pelos seus cliente e achou comum.

G1/Montagem
Publicidade

Há poucos dias, a polícia esteve presente novamente no apartamento de Monique Medeiros e Dr Jairinho, mãe e padrasto do menino Henry Borel, morto no último dia 8 apenas algumas horas depois de voltar da casa de seu pai, Leniel Borel, com quem havia passado o final de semana.

As autoridades, com um mandado de busca, apreenderam diversos aparelhos celulares na casa de Monique e do namorado, que é vereador no Rio de Janeiro. O objetivo seria analisar as mensagens trocadas antes e depois da morte de Henry.

Mas um fato chamou a atenção. Acontece que as mensagens dos celulares encontrados pela polícia na casa do casal haviam sido apagadas, o que se torna suspeito sendo que os dois estão sendo investigados pelo falecimento de Henry.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A Polícia Civil utilizará um programa tecnológico para tentar recuperar todas, ou pelo menos uma parte das mensagens que foram apagadas dos aparelhos. Além de Monique e Jairinho, Leniel também recebeu as autoridades com um mandato de busca e apreensão.

Advogado de defesa de Dr. Jairinho e Monique comentou, após apreensão, que não tem informação sobre mensagens apagadas, mas acrescentou que “não estranharia se apagasse”. “É comum apagarem dos celulares, eu apago dos meus“, declarou o profissional.

A morte de Henry

O menino, de quatro anos de idade, tinha voltado da casa do pai no último dia 7 após um final de semana. Ao retornar, o garoto ficou com a mãe e o padrasto. Durante a madrugada, Monique afirma ter ido a quarto e encontrado o filho desacordado.

A mãe e o padrasto de Henry levaram o menino às pressas para uma unidade de saúde do Rio de Janeiro, porém a criança, segundo os médicos, já chegou ao hospital sem vida.

Publicidade
Publicidade
Aurilane Alves

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn