in

Caso Henry: câmera de segurança flagra atitude de Dr. Jairinho com Henry dentro do elevador enquanto mãe segurava o menino

O menino foi declarado morto no último dia 8 após ser levado às pressas para hospital.

UOL/Montagem Aurilane Cavalcante
Publicidade

O caso do menino Henry Borel Medeiros continua sendo um dos mais discutidos das últimas semanas no Brasil. O garoto, que tinha apenas quatro anos de idade, faleceu na madrugada do último dia 08 de março. Ele foi encontrado desacordado por sua mãe, da professora Monique Medeiros.

No dia 7, o pai de Henry, Leniel, havia levado a criança de volta para a mãe depois que os dois passaram o fim de semana juntos na residência do genitor. Isso aconteceu por volta das 19h, apenas algumas horas antes do óbito.

Em imagens divulgadas recentemente pelo Fantástico, é possível ver cenas do elevador onde estavam Monique, Henry e Dr. Jairinho, o padrasto do menino. O garoto estava chorando depois de ter voltado da casa do pai.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em certo momento das filmagens da câmera de segurança do local, é possível ver o gesto de Jairinho com Henry. Ele passa a mãe na cabeça do menino para tentar acalmá-lo no elevador do prédio onde moravam.

Caso em andamento

A polícia tem ouvidos todas as pessoas que possam dar informações valiosas para a resolução do caso, que continua um grande mistério. Henry foi encontrado pela mãe após ser deixado sozinho no quarto. Monique diz que quando chegou ao cômodo o garoto já estava inconsciente.

A professora levou o filho para um hospital do Rio, mas a criança foi declarada morta assim que chegou ao local. A mãe de Henry diz acreditar que o menino caiu da cama ao ficar em pé ou tropeçou, indo ao chão. Mas a perícia afirma que a vítima teve lacerações por objeto contundente, o que invalida a suposição de acidente doméstico.

Publicidade
Publicidade
Aurilane Alves

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn