in

Em 2021, quase 40% dos mortos por Covid-19 não chegaram à UTI

De acordo com um estudo, atualmente 5.432 pacientes com covid estão a espera de um leito de UTI pelo Brasil.

Arquivo / Agência Brasil
Publicidade

Em 2021, 38% dos pacientes que morreram após serem infectados com a Covid-19 não chegaram a ser internados em um leito de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), desta forma, mais de 28 mil pessoas morreram sem o leito, número que representa quatro em casa dez brasileiro mortos com a doença. O Brasil já acumula 73.105 mortes apenas este ano.

De acordo com uma análise realizada pelo O Globo, com dados da Sivep-Gripe, sistema que vem sendo usado pelo Ministério da Saúde, nos dois primeiros meses de 2021 (janeiro e fevereiro) quando sistemas de saúde da região Norte do País começaram a entrar em colapso, a proporção de pacientes que morreram sem nem ao menos chegar a uma unidade de UTI passou de 50%.

Para Domingos Alves, cientista da USP de Ribeirão Preto, essa proporção mostra que os sistemas de saúde já chegaram a entrar em colapso. Contudo, atualmente, essa taxa é ainda maior no Sul, isso principalmente em Santa Catarina com 53%. Já na região Sudeste, São Paulo é o estado com o maior número de pacientes que morreram fora da UTI, acumulando 41% no total, seguido pelo Rio de Janeiro, com 35%.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

E não é só isso. O estudo ainda revela que ao menos 5.432 pacientes estão à espera de uma vaga em UTIs em todo o País. Para Domingos, o atual cenário acabará fazendo com que a média móvel de mortes da Covid-19 aumente ainda mais e, segundo ele, pode chegar a 5 mil óbitos diários.

Vale lembrar que após pouco mais de um ano do início da pandemia, o Brasil já passa de 307 mil mortos vítimas do novo coronavírus.

Publicidade
Publicidade