in

Corpo de homem que se afogou em cachoeira é encontrado; esposa segue desaparecida: ‘A mãe está arrasada’

Casal teve três filhos juntos e as crianças chegaram a assistir drama familiar com afogamento dos pais.

UOL
Publicidade

Depois de quase três dias de buscas, o corpo do vigilante Florisvaldo Neto Xavier foi encontrado nesta terça-feira (23) nas águas do rio Perequê, em Cubatão, no litoral paulista. O homem estava desaparecido desde o último domingo (21), quando se afogou após um fenômeno de cabeça d´água. A esposa dele, que tentou salvá-lo, também foi levada pela correnteza, e segue desaparecida. 

Pouco tempo depois do ocorrido, socorristas do Corpo de Bombeiros iniciaram uma operação para localizar as duas vítimas. A ação mobilizou quatro viaturas, barcos e uma balsa para navegação no rio. Nove profissionais da corporação estão fazendo varreduras no local. 

Conhecido popularmente como Neto, o vigilante foi encontrado bem próximo do local que foi visto pela última vezes por familiares, em uma confraternização às margens do rio. Após uma intensa chuva, a vítima resolveu dar um último mergulho.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Diante do alto índice pluviométrico, o rio registrou o fenômeno conhecido como cabeça d´água, quando o nível sobe e água fica turbulenta, o que acabou sendo fatal para ele e a esposa, que diante da situação mergulhou para salvá-lo. 

Comoção

Em desabafo feito ao portal UOL, o tio de Neto, Marcelo dos Santos, disse que foi acionado às pressas até o local do acidente para acompanhar o resgate do corpo do sobrinho, e detalhou o sentimento vivenciado pela família. 

“A mãe do Neto (Xavier) está arrasada, à base de remédios. Mas foi corajosa, participou da busca com minha esposa e outros parentes desde cedo”, desabafou Marcelo.

Esposa de Neto, Jussara segue desaparecida. As buscas por ela serão realizadas até o final da tarde, e caso não seja encontrada, a operação terá continuidade nesta quarta-feira (24).

Publicidade
Publicidade