in

Mãe foge com o namorado da filha que estava em trabalho de parto no hospital; detalhe impacta: ‘Traição final’

Jovem só teve conhecimento da traição dias depois de deixar hospital sozinha com o recém-nascido.

ND+
Publicidade

Um caso de traição atípica foi registrado na família de Jess Aldridge, de 24 anos. Grávida, ela descobriu pouco após dar à luz a um filho com o seu namorado, Ryan Shelton, de 29 anos, que o companheiro havia fugido enquanto ela estava em trabalho de parto. Para piorar a situação, a fuga dele foi com a própria mãe da jovem, ou seja, a avó do bebê, Georgina Aldridge, de 44 anos. 

Segundo informações do jornal britânico “The Sun”, o flerte entre Georgina e Ryan foi iniciado após o casal se mudar para a mesma residência da futura avó do bebê. Grávida, Jess não desconfiou de absolutamente nada e só veio tomar conhecimento de toda a traição quando voltou para casa sozinha com o recém-nascido. 

Abandonada no hospital, ela voltou para a casa onde morava com a mãe e o namorado, e acabou descobrindo que os dois haviam se mudado para uma nova casa, situada há 50 quilômetros de distância. Inicialmente, os dois esconderam o enlace da jovem, e só contaram dois dias depois dela ter alta hospitalar. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Se apaixonou

Em entrevista ao periódico britânico, Jess afirmou que foi confrontar a mãe acerca da traição, e a mulher foi enfática ao dizer que nada pôde fazer, uma vez que estava apaixonada por Ryan, 15 anos mais novo do que ela, e pai do seu neto. 

“É a traição final. Você espera que uma nova avó se apaixone pelo bebê, não pelo pai”, desabafou Jess Aldridge.

Abalada com a situação, Jess luta agora para cuidar do bebê recém-nascido, vivenciando uma experiência totalmente atípica e delicada, que acabou estremecendo os laços da sua família. 

“Estou com o coração partido e perdi tudo – minha mãe e o pai para meus filhos”, disse a jovem, bastante emocionada. 

Publicidade
Publicidade