in

Apóstolo Fernando Guillen morre de Covid aos 41 anos, após se curar de câncer terminal

Apóstolo da Igreja Batista da Lagoinha morreu nesta quarta-feira (17).

Instagram Fernando Guillen
Publicidade

A Igreja Batista da Lagoinha, uma das instituições evangélicas mais conhecidas do Brasil, está de luto. Morreu na madruada desta quinta-feira (17), o apóstolo Fernando Guillen, de 41 anos, vítima da Covid-19. A informação foi dada pelo perfil oficial do religioso no Instagram.

O post cita os versículos bíblicos 1 a 4 que aparecem no sétimo capítulo do livro de Eclesiastes, em que está escrito que é melhor ir à casa onde há luto do que ir à casa onde há festa. Esta passagem foi a última ministrada por Guillen na igreja que pastoreava.

“Fernando Guillen descansou”, dizia o comunicado. O apóstolo também foi chamado de Pai Espiritual e General de Deus. “Ele levantou-se do leito de sofrimento e enfermidade, foi ao encontro de Jesus, que ficou de pé para recebê-lo, pois sua trajetória na Terra transcendeu”, prosseguiu a nota de pesar. Muitos seguidores lamentaram a morte do apóstolo da Batista da Lagoinha.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Fernando Guillen viveu uma história surpreendente e de milagre. Em 2019, ele foi diagnosticado com um câncer no crânio. O linfoma padrão não-folicular estava em último estágio e era considerado terminal. Por um milagre, o apóstolo foi curado e anunciou isso no ano passado.

O velório do corpo de Fernando Guillen começou às 22h desta quarta-feira e durou duas horas. Apenas 20 pessoas da família tiveram acesso. Nesta quinta, o velório ocorre entre 10h e 13h e são permitidas 30 pessoas a cada hora. O sepultamento está marcado para às 14h, conforme informações divulgadas no perfil do apóstolo.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!