in

CoronaVac: quem pode e quem não pode tomar a vacina contra a Covid-19; bula é divulgada

Bula da CoronaVac traz todos os detalhes sobre a vacina do Instituto Butantan.

Getty Images
Publicidade

A CoronaVac é a vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. A reportagem do i7News teve acesso à bula da vacina que já começou a ser aplicada na população brasileira e promete a imunização contra a Covid-19, doença causada pelo coronavírus, que já matou mais de 200 mil pessoas no Brasil.

A lista de contraindicações, que consta na terceira página da bula da vacina, mostra quem não deve tomar a CoronaVac. “Em caso de qualquer uma das seguintes condições, o uso da vacina adsorvida covid-19 (inativada) é
contraindicado: alergia a qualquer um dos componentes desta vacina; Pacientes com febre, doença aguda e início agudo de doenças crônicas”
, diz o texto. 

Os componentes da vacina são: 600 SU do antígeno do vírus inativado SARSCoV-2 mais os excipientes: hidróxido de alumínio, hidrogenofosfato dissódico, di-hidrogenofosfato de sódio, cloreto de sódio, água para injetáveis e hidróxido de sódio para ajuste de pH. Essas informações constam na primeira página da bula.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Bula da CoronaVachttps://www.pmsfi.rj.gov.br/wp-content/uploads/2021/01/Bula-profissional-Butantan.pdf

Posted by Central de Notícias on Wednesday, January 20, 2021

Quem tem histórico familiar e pessoal de convulsão, histórico de epilepsia e alergias devem procurar um médico e questionar se poderá ou não se vacinar com a CoronaVac. Na terceira página da bula há a recomendação do uso com cautela para este grupo. Abaixo, a lista de reações adversas do medicamento.

Bula da CoronaVac traz detalhes sobre a vacina

O documento feito pelo Instituto Butantan mostra também quais são as precauções, cuidados de armazenamento e como a vacina deve ser aplicada. Estas informações interessam aos profissionais de saúde. O documento traz ainda resultados do estudo clínico realizados para testar a eficácia do medicamento.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!