in

Mourão rebate críticas do presidente francês: ‘O senhor Macron não está bem’

O líder francês, Emmanuel Macron, voltou a criticar o desmatamento na Amazônia, por isso, afirmou que pretende produzir sua própria soja.

Marcelo Camargo/Agência Brasil
Publicidade

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), afirmou nesta quarta-feira, 13, em francês, que o presidente da França, Emmanuel Macron, não está bem. “Monsieur Macron ne pas bien”, disse Mourão, que traduzindo para o português fica: “Sr. Macron não está bem”.

E não foi só isso, Mourão disse ainda que o presidente francês desconhece a produção se soja no Brasil. Segundo o vice-presidente, a produção brasileira de soja é feita no sul do país. “Na Amazônia é ínfima”, declarou o político para rebater algumas declarações feitas por Macron recentemente. E mais, Mourão disse ainda que a capacidade do Brasil na produção de soja é imbatível e que nesse ramo a competição do Brasil é muito acima de todos os concorrentes.

Recentemente, usando seu perfil no Twitter, Macron afirmou que depender da soja do Brasil é a mesma coisa que “endossar o desmatamento na Amazônia”. Segundo o mandatário francês, eles são coerentes com suas ambições ecológicas, por isso, irão lutar pela produção de soja na Europa.

Publicidade
Publicidade

Para rebater as declarações do presidente francês, Mourão destacou que, no Brasil, menos de 8% de todo o território é dedicado ao ramo da agricultura, enquanto isso, na França esse território é de 60%.

Além disso, para o vice-presidente brasileiro, “isso faz parte do jogo político” e Macron não está em condições de competir com o Brasil. Neste momento, Mourão destacou que quando se trata de outros aspectos a indústria francesa é melhor. Contudo, quando se trata da produção agrícola o Brasil dá de 10 a 0 na França.

Publicidade