in

Diarista envia mensagem para cliente e recebe dura resposta: ‘gentalha, vou cuspir na sua cara’

Maria José informou a cliente que não poderia ir fazer a faxina combinada e foi humilhada.

Arquivo pessoal Maria José
Publicidade

Maria José de Souza Marques tem 54 anos e trabalha como diarista. Nesta segunda-feira (9), ela procurou à Polícia Civil de Goiás e denunciou um cliente, o cerimonialista Valeriano Pinto Coelho, de 59, por ofensas após ela avisar que não poderia trabalhar no dia combinado com ele.

O caso aconteceu em Anápolis, cidade localizada a 55 quilômetros de Goiânia. Ao G1, o homem contou que enviou as mensagens para a diarista por ela descumprir o acordo de ir limpar sua casa. Valeriano também disse que tinha uma relação de amizade com Maria José.

A diarista enviou um áudio dizendo que não poderia ir trabalhar no dia cominado. “O homem me ligou agora e estava me arrumando para ir para sua casa. O mocotó lá acabou e eu tenho que descer para fazer. Infelizmente, não vou poder ir, me desculpa aí. Tenta arrumar outra pessoa, tá bom?”, disse a mulher.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Aureliano respondeu que arrumaria outra pessoa para frequentar sua casa e limpar sua sujeira e disse que Maria José não era digna de limpar nada. “Para mim, você não passa de um lixo”, afirmou por mensagem. Em seguida, ele diz que a ajudou com tijolos e que tinham vontade de ir na casa de Maria José e quebrar os tijolos na cabeça dela.

Na sequência, Valeriano manda Maria José ir fazer mocotó, como ela disse que faria na mensagem, porque é comida de pobre. “No dia que eu te ver na rua, gentalha, vou cuspir na sua cara”, esbravejou. Ao G1, ele assumiu que pegou pesado no áudio e disse que estava muito irado. Valeriano também afirmou que sempre ajudou Zezinha e que não seria a primeira vez que ela não cumpriu o combinado.

Maria José disse que não tem amizade com Valeriano e que trabalhou algumas vezes em sua casa. O boletim de ocorrência foi registrado pela Polícia Civil. Maria José contratou uma advogada, que ficará responsável pelo caso. A polícia aguarda a representação criminal para investigar o caso.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!