in

Mosquitos: dica de como proteger as crianças e evitar picadas dos insetos

Tudo começa com a escolha de um bom repelente, de acordo com a idade das crianças.

Pais&Filhos
Publicidade

As picadas de mosquitos são um incômodo e, com o aumento do calor, a proliferação desses insetos aumenta bastante. Para conseguir manter os mosquitos bem longe de você e das crianças, uma boa dica é usar um bom repelente. De acordo com a Academia Americana de Pediatria, o melhor repelente é o DEET.

Esse repelente ajuda a proteger contra doença de Lyme e também protege quanto ao Zikavírus. Crianças a partir de dois anos já podem usar repelentes que tenham de 5 a 7% de DEET. Caso esteja em uma região com uma quantidade menor de pernilongos é melhor usar um tipo que tenha no máximo 5%.

Também é possível fazer um repelente natural, que para os pequenos é muito mais seguro. Porém, de acordo com profissionais, esse repelente costuma ter uma duração de cerca de 15 a 20 minutos. Já um que tenha 5% de DEET na composição dura em média de 90 minutos.

Publicidade
Publicidade

Repelente e protetor solar

No mercado existe um combo muito prático para os usuários, que é o protetor solar com o repelente. Contudo, eles funcionam melhor de forma separada. De acordo com o especialista Doutor Jonathan F. Day, a tendência é que um dilua a eficácia do outro. A melhor forma é aplicar primeiro o protetor solar e, em seguida, o repelente, borrifando na mão e espalhando no corpinho do pequeno.

Publicidade

Uma roupa adequada pode ser usada como uma barreira física. O ideal e usar camisetas de mangas curtas, calças compridas descoladas da pele e meias. Os tecidos usados devem ser respiráveis, como os materiais que são utilizados em roupas esportivas, pois são difíceis para os mosquitos penetrarem.

Publicidade