in

Funcionária é agredida com socos após cliente se recusar a utilizar máscara em supermercado

Fato ocorreu dentro de um supermercado de Sorocaba no último fim de semana e se tornou caso de polícia.

Reprodução - G1
Publicidade

Em tempos de pandemia, o uso de máscara de proteção se tornou acessório obrigatório para frequentar estabelecimentos comerciais em boa parte do país. No entanto, muitos insistem em não fazer o uso do equipamento de proteção individual. Em Sorocaba, uma discussão por conta da não utilização da máscara terminou em uma briga dentro de um supermercado.

O episódio começou depois de alguns clientes se recusaram a utilizar o item de proteção dentro do estabelecimento. De acordo com o boletim de ocorrência registrado no último sábado (12), um homem foi abordado por um funcionário do mercado e recebeu uma advertência por não estar utilizando a máscara de proteção, sendo assim impedido de entrar no supermercado.

O cliente e um grupo que estava com ele no momento teriam agredido e ameaçado funcionários do estabelecimento. Câmeras da empresa flagraram o momento em que a confusão foi iniciada. Em contato com o G1, o dono do supermercado afirmou que seus funcionários foram ameaçados. 

Publicidade

Publicidade

“Dois colaboradores estão afastados por conta das agressões e temos outros que não vieram trabalhar no domingo e na segunda pelo medo das ameaças sofridas. Tem funcionário que pediu para ser demitido”, relatou Luiz Claudio Zaia.

Conduzidos à delegacia

Diante da confusão, dois homens de 36 e 41 anos, e uma mulher, de 31, foram detidos e levados para o Plantão Norte. Depois de prestarem depoimento, eles foram liberados pelas autoridades.

Por conta do cenário de pandemia, o uso das máscaras de proteção se tornou obrigatório em comércios e transporte público de Sorocaba. A medida foi adotada desde o dia 6 de maio. Empresas que não cumprirem a determinação estão sujeitas a penalidades.

Publicidade