in

Conheça 8 formas de disciplinar os filhos sem usar a palavra “não”

Educar crianças não é uma tarefa nada fácil, mas algumas dicas podem auxiliar nesse trabalho.

Pais&Filhos
Publicidade

Existem formas melhores de aplicar a disciplina nas crianças sem precisar dizer não. Especialistas em paterentalidade acreditam que falar a palavra não em excesso pode provocar ressentimentos ou plantar sementes de rebeliões futuras. Segundo Andreyy Ricker, o uso frequente pode acabar fazendo com que a palavra em si perca o seu significado e consequentemente o efeito desejado.

A situação muitas vezes se torna exaustiva para os pais. Para ajudar nesse tipo de situação, esse artigo vai elencar oito maneiras de disciplinar os filhos sem o uso da palavra não.

“Eu sei que você gosta de sorvete, mas não é bom comer muito”

O especialista sugere que os pais neguem alguns alimentos que não são saudáveis e procure sempre oferecer uma alternativa mais apropriada. Evitar a promessa de ‘talvez amanhã’ é importante, já que os pequenos não compreendem muito a questão do tempo.

Publicidade

“Comida é para comer, não para brincar”

É uma tendência dos pequenos brincar com o alimento quando não estão com fome. Por isso, é muito comum eles fazerem da comida um brinquedo. Os pais devem explicar a criança de forma calma e tranquila o motivo de não ter esse tipo de atitude.

Publicidade

“Não derrube os brinquedos, eu te ensino como brincar”

Crianças curiosas podem acabar sendo mais elétricas. O fato de destruírem uma torre de lego feita pelo irmão mais velho, nem sempre é indício de que seja ciúme, ao menos não de forma consciente, ou na verdade pense que está fazendo algo divertido.

“A natureza precisa crescer, assim como você, vamos ser gentis”

Se o seu filho é do tipo de arranca as flores do jardim ou puxando o rabo do pet de estimação, ensine de maneira gentil que eles também são seres vivos e precisam ser tratados com respeito. Esse tipo de ensinamento vai ajudar a criança a ter empatia pelo próximo.

“Vamos usar as palavras, não as mãos”

Esta é uma forma inteligente de ensinar que a criança não deve bater no irmão ou coleguinha. Incentivar o amor entre as pessoas é sempre importante. Por isso, se deve ensinar o afeto entre a família incentivando que se abracem.

“Eu não consigo te entender quando você grita. Por favor repita, mas com voz normal”

As crianças muitas vezes não conseguem expressar direito o que estão sentindo e muitas vezes acabam gritando. Os pais devem evitar dizer ‘pare de gritar’. Ao invés disso procure usar outra abordagem ensinando a falar em um tom de voz normal.

“Preste atenção, vou te pegar!”

O sorriso pode ser uma ótima maneira de disciplinar os pequenos. Essa atitude mostra que se pode ter uma abordagem mais alegre e muito melhor. Humor e distração são ótimas estratégias para usar quando os pequenos são mais irritados e teimosos.

“Você pode me emprestar o telefone? Em troca te dou esse brinquedo”

As crianças amam celular hoje em dia, mas é necessário lembrar que o aparelho não é um brinquedo. Evite esse tipo de situação e procure dar um brinquedo mais envolvente em troca do telefone.

Publicidade
Shyrlene Souza

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.