in

Vídeo mostra policiais colocando capuz na cabeça de homem negro que morreu asfixiado nos EUA

Um homem negro morreu asfixiado depois que policiais colocaram um capuz sobre sua cabeça. Vídeo reabriu discussão sobre racismo.

UOL
Publicidade

A tensão que envolve a polêmica do racismo toma conta dos Estados Unidos. Dessa vez, um homem morreu, após ter um capuz colocado em sua cabeça pela polícia de Rochester, cidade que fica no estado de Nova York. As imagens que vieram à tona apenas agora foram gravadas em março e divulgadas pela família da vítima, identificada como Daniel Prude. O homem aparece sem roupas nas imagens e, aparentemente, fora de si. 

A própria família de Daniel foi quem chamou a polícia, já que ele teria ido visitar parentes, quando teve uma espécie de surto, andando sem roupas pelas ruas. Prude chega a pedir a arma de um dos policiais que o abordam. A polícia coloca um capuz na cabeça desse, afim de evitar que ele cuspa. O procedimento foi adotado para evitar que policiais fiquem expostos à possível contaminação contra o coronavírus.

Além do capuz, os agentes pressionaram a cabeça do homem no asfalto. O laudo no corpo da vítima entendeu que houve homicídio em decorrência de asfixia mecânica. Joe Prude, irmão da vítima, deu uma coletiva de imprensa, na qual falou sobre sua indignação sobre as imagens. E”u liguei (para a polícia) e pedi ajuda para o meu irmão. Não para ele ser linchado”, disse ele. 

Publicidade

Veja abaixo o vídeo que mostra a ação policial, que agora reabre a discussão do racismo nos Estados Unidos. 

Publicidade

Nas redes sociais, tags como ‘Vidas Negras Importam’ ficaram entre os assuntos mais comentados nos Estados Unidos. Nos últimos meses, vários vídeos que mostram ações polêmicas da polícia ficaram entre os assuntos mais comentados das redes. 

Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.