in

Menino de 7 anos morto afogado em lama pedia ajuda para seu irmão com microcefalia

Danilo fazia questão de sempre ir atrás de ajuda para seu irmão, que sofria com microcefalia.

Reprodução/ Diário do Estado
Publicidade

O crime cometido contra o menino Danilo chocou o Brasil. Com apenas 7 anos de idade, o corpo da criança foi encontrado nesta segunda-feira (27) em um brejo a 100 metros de onde residia, em Goiânia.

Muito querido, Danilo Sousa deixou saudades entre amigos e parentes. Entre as memórias deixadas pelo garoto, uma delas tem cortado o coração do público: ele era empenhado em conseguir ajuda para seu irmão, que sofre de microcefalia.

Publicidade

Publicidade

“Quero muito leite para o meu irmãozinho, que ele tem microcefalia”, pede Danilo em um vídeo, mostrando que não poupava esforços para ajudar o irmão, que sofria com muitas dificuldades em decorrência da doença. Na web, o caso tomou uma enorme repercussão e tem gerado revolta dos usuários, que clamam que a justiça seja feita.

O menino era tido como uma criança muito boa e carinhosa. “Ele era um menino especial, era um menino diferente. Ele tinha esse olhar de cuidado, olhar de carinho com o irmão dele, com a família dele. Isso o tornava especial”, revelou Jhonata, membro de uma ONG que foi responsável por prestar ajuda à família do garoto. 

Danilo saiu de casa após avisar sua mãe que estava indo para a casa da avó. Depois disso, desapareceu e só foi encontrado seis dias depois, sem vida, afogado em um lamaçal.

Nesta sexta-feira (31) a Polícia Civil responsável pela investigação e apuração do caso, prendeu o padrasto do menino, Reginaldo Lima Santos, como principal suspeito da conduta criminosa. Junto dele, também foi detido um conhecido da família, Hian Alves de Oliveira, filho adotivo de um líder religioso.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Rafael

Escrito por Rafael

Rafael Ferreira é um escritor apaixonado por jornalismo. Gosta de redigir notícias, levando entretenimento e cultura para seus leitores. Sinta-se à vontade para entrar em contato: rafael_ferreira_@live.com