in

Motorista bêbado mata quatro adultos e uma criança de apenas dois anos; imagens mostram a tragédia

Três homens, uma mulher e uma criança morreram na cidade de Santos, no estado de São Paulo.

G1
Publicidade

Um acidente que ocorreu na madrugada deste sábado provocou cinco mortes no litoral do estado de São Paulo. O motorista de um veículo acabou batendo em outro e acabou sendo preso.  Isso porque ele estava bêbado. O homem, que não teve o nome identificado, estava dirigindo sob o efeito de álcool e, de acordo com a Polícia Rodoviária, ele negou a fazer o chamado teste do bafômetro.

Acidente mata cinco pessoas, após motorista ingerir bebida alcoólica

Os quatro adultos eram três homens e uma mulher. Além dos adultos, uma criança de dois anos também acabou falecendo. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, o carro do motorista embriagado invadiu a pista contrária. O veículo então entrou de frente com o outro carro. Todas as pessoas que estavam nesse veículo morreram.

O socorro foi chamado, mas pouco pôde ser feito. “O motorista falou que saiu de um bairro próximo. Ele falou que ingeriu bebida alcóolica, se recusou a fazer o teste do etilômetro, foi preso e levado para o DP“, disse um dos representantes da polícia rodoviária federal ao falar sobre o acidente.

Publicidade

O motorista bêbado foi levado para uma delegacia da região. Ele não poderá pagar fiança nesse momento, segundo o delegado do caso, Arilson Veras Brandão.

Publicidade

Imagens mostram grave acidente no litoral de São Paulo

A imagem abaixo, por exemplo, mostra o carro completamente destruído.

O acidente ocorreu na madrugada e o socorro chegou pouco depois. No entanto, não foi possível salvar as cinco vítimas do acidente. 

Nas redes sociais, muitos internautas falaram sobre o trágico acidente. “Qual é a pena máxima por homicídio DOLOSO? 30 anos? Pois bem, 30 X 5 = 150. É o mínimo que se pode pedir à justiça”, disse um dos internautas.

Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.