in

OMS faz alerta importante sobre novos casos de coronavírus, e jovens são alvo

Tedros Adhanom orientou jovens sobre os riscos de contrair e disseminar a Covid-19.

Reprodução Globo
Publicidade

Mais de 600 mil pessoas já morreram em decorrência da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, em todo o mundo. A pandemia foi decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em março, após o vírus se disseminar e chegar à Europa. O primeiro epicentro da doença no mundo foi a China.

Desde março, a OMS vem alertando a população mundial sobre os riscos causados pela Covid-19. A organização é dirigida por Tedros Adhanom Ghebreyesus, que ficou conhecido durante a pandemia. Em entrevistas recentes, o diretor da OMS mandou um recado aos jovens.

Segundo ele, os surtos de contágios que ocorreram novamente na Europa tiveram os jovens como grande impulsionadores. Ele disse ainda que os jovens baixaram a guarda em pleno verão e têm colaborado para que a Covid-19 continue a ser disseminada.

Publicidade

Líder técnica da OMS também faz alerta aos jovens

A líder técnica da Organização Mundial da Saúde, Maria Van Kerkhove,  afirmou que lugares lotados, como boates, têm sido amplificadores da transmissão do coronavírus na Europa. Os jovens podem ter maior resistência à Covid-19, mas podem transmitir para pessoas do grupo de risco. Por isso, a OMS orienta que os jovens fiquem atentos e evitem aglomerações e outros locais onde podem transmitir a Covid-19.

Publicidade

Brasil é o segundo país com mais mortes

O Brasil registrou a marca de mais de 90 mil mortes por Covid-19. Em todo o mundo, apenas os Estados Unidos aparecem à frente do Brasil em número de óbitos e de casos. A Itália, que foi o epicentro da Covid-19 na Europa, ficou bem para trás do Brasil no ranking dos países com mais óbitos.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br