in

Suposto policial agride mulher que usava máscara incorretamente em ônibus de SP

Homem se identificou como policial e agrediu mulher em ônibus da zona sul da cidade de São Paulo.

Twitter Lux
Publicidade

Circula pelas redes sociais um vídeo em um homem que se identifica como policial militar agredindo uma passageira de ônibus que estava usando a máscara de forma incorreta. A mulher protegia o queixo e a boca, mas não protegia o nariz. O homem, cuja identidade não foi revelada, se revoltou com a situação.

O ônibus atende a região da Avenida Cupecê, em Cidade Ademar, zona sul da cidade de São Paulo. “Ou você coloca essa merd@ dessa máscara, ou você vai descer. Você está me entendendo? Você sabe com quem está falando?”, disse o homem, que também não usava máscara. Ele deu alguns tapas nas costas da mulher.

“Só não trisca em mim”, disse a mulher. Outros passageiros filmaram o ocorrido. Após gritar com a mulher, o homem se dirige a região da catraca do ônibus e pede ao motorista que pare o ônibus. “Motorista, para o carro agora. É a polícia que está falando”, gritou o homem.

Publicidade

Suposto policial é criticado por agressão

Nas redes sociais, o termo “Ele bateu nela” aparecia como um dos assuntos mais comentados do dia. Muita gente reconhecia que a mulher estava errada ao usar a máscara incorretamente, mas criticaram o homem por tê-la agredida. Além disso, ele foi criticado por estar sem máscara.

Publicidade

“Ele bateu nela e tirou a máscara! Perdeu totalmente o argumento e só mostrou ser um grande hipócrita, além de falar todo cheio de si que era um policial, como se isso fosse justificativa pra agir dessa forma”, escreveu uma internauta. O vídeo com as imagens já tem mais de 800 mil visualizações no Twitter. Uma segunda parte do vídeo também foi divulgada.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br