in

Mulher dá à luz uma hora depois de descobrir que estava grávida: ‘Milagre de Deus’

De acordo com a mulher, ela estava com o fluxo normal durante os nove meses.

Mirror
Publicidade

Uma mulher se tornou viral nas redes sociais após dá à luz um bebê. Porém, o que mais chamou à atenção dos internautas não foi o fato da jovem ter dado à luz, mas sim, por ela ter ganhado o bebê uma hora após descobrir que estava gestante.

A mulher foi identificada como Heni Nuraeni, de 30 anos, e afirma que o poder de Deus formou seu filho milagrosamente em seu útero no período de uma hora antes dela dar à luz.  

A jovem mora na cidade de Tasikmalaya, no oeste de Java, na Indonésia, relatou para a imprensa local que não sentia nenhum sintoma de gravidez e de repente algo começou a se mover de um lado para o outro dentro dela.  

Publicidade

No começo, quando eu estava em casa, não havia nada de estranho. E então senti algo se mover no lado direito da minha barriga e fui levado para a casa do meu pai. Eu tive cãibras e em uma hora ligamos para uma parteira e dei à luz“, afirma a mulher.

Publicidade

A jovem garante que não estava gestante pelo fata dela estar com o fluxo regular nos últimos nove meses. A mulher também afirmou que, quando deu à luz o seu filho ela estava naqueles dias.  

Após o caso da mulher se tornar viral nas redes sociais, o obstetra Ruswana Anwar, do Hospital Hasan Sadikin de Bandung, relatou que esse caso acontece em uma em cada 25 mil gestantes.  

O médico disse que esse tipo de gravidez é conhecida como enigmática, quando uma mulher engorda e não percebe que está grávida. Ruswana afirma que é impossível uma mulher dar à luz após uma hora de engravidar.  

Sobre o fato da mulher ter o fluxo normalmente ao logo dos nove meses, o médico relatou que ela poderia estar sofrendo algum tipo de desequilíbrios hormonais durante a gravidez enigmática.
Mãe e filho passam bem.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Francisco Nunes

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.