in

OMS faz alerta impactante sobre pandemia do coronavírus: ‘Será uma grande onda’

Coronavírus já vitimou quase 90 mil pessoas em solo brasileiro e ritmo segue acelerado.

OMS - Divulgação
Publicidade

A pandemia do coronavírus segue assolando a população mundial em larga escala. Enquanto os cientistas se dedicam arduamente nos estudos para desenvolver uma vacina eficaz para combater a Covid-19, o número de novos infectados e de óbitos não para de crescer.

Nesta terça-feira (28), a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que o coronavírus, Sars-Cov-2, diferentemente de outras doenças como influenza, não tem características sazonais, e ainda alertou que quando se trata desse tipo de pandemia o contexto é de ondas.

Em um briefing virtual nesta manhã, a porta-voz da OMS, Margaret Harris, chamou atenção para os riscos de transmissão durante o verão do Hemisfério Norte.

Publicidade

“As pessoas ainda estão pensando sobre estações do ano. O que todos precisamos ter na cabeça é que esse é um novo vírus e está se comportando de forma diferente. Será uma grande onda”, declarou Margaret Harris. 

Publicidade

A porta-voz da OMS ainda fez um apelo para que seja aplicada medidas para conter a transmissão que vem se espalhando por conta de grandes aglomerações. 

Números exponenciais

Em escala global, os casos de infectados do coronavírus já ultrapassada a barreira de 16,4 milhões de pessoas, enquanto o número de óbitos em decorrência da doença estão próximos de 650 mil, segundo balanço divulgado pela universidade dos Estados Unidos, Johns Hopkins.

Até o momento, Estados Unidos, Brasil, Índia, Rússia e África do Sul aparece como os cinco países mais afetados por conta da pandemia. Segundo o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Gebreyesus, o total de casos quase que dobrou nas últimas seis semanas.

No continente asiático, o alerta voltou a ser ligado após o registrado de uma subida no índice de novos casos.

Publicidade