in

Policial é preso em flagrante após matar motociclista com tiro nas costas; imagens fortes são divulgadas

Policial efetuou um dos disparos com a vítima de costas e descendo da motocicleta.

Reprodução - TV Globo
Publicidade

Um policial militar foi preso em flagrante na madrugada deste sábado (25), na Zona Leste de São Paulo, após atirar em um motociclista pelas costas. Alvejado com dois disparos, a vítima morreu horas depois no Hospital Tide Setúbal, situado na Zona Leste. 

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), a vítima conduzia uma motocicleta que havia sido roubada horas antes, e foi reconhecido pelo dono da moto como o assaltante que praticou a ação.

“A Polícia Militar instaurou Inquérito Policial Militar (IPM) e trabalha no esclarecimento dos fatos”, afirmou a Secretaria de Segurança Pública, em nota divulgada.

Publicidade

As câmeras de segurança de um estabelecimento comercial flagrou o momento da ação do policial. Inicialmente, a moto passa em alta velocidade, e poucos segundos depois, ela reaparece no sentido contrário da via. 

Publicidade

Nas imagens é possível ver o motociclista se desequilibrando e o surgimento do policial militar fardado com a arma em punho, ele efetua dois disparos, um deles quando a moto já estava parada e o homem se encontrava de costas, descendo do veículo.

Apoio policial

Instantes depois dos disparados, várias viaturas chegaram ao local que fica vizinho ao muro da 2ª Companhia do 29ª Batalhão da Polícia de São Paulo. O policial foi ouvido, e preso em flagrante na sequência.

O número de óbitos causados por PMs em São Paulo cresceu cerca de 21% neste primeiro semestre do ano se comparado com este mesmo período de 2019. Em 2020, já são 435 pessoas mortes por policiais militares em serviço contra 358 registrado em 2019. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP). 

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade