in

Internet quântica promete revolucionar o mundo digital

Cientistas norte-americanos avaliam a rede quântica como inviolável a ataques de hackers.

quantumcomputingtechnologyaustralia.com
Publicidade

Embora ainda não exista oficialmente, a internet quântica é desenvolvida pelo Departamento de Energia dos Estados Unidos (DOE, sigla em inglês). Durante entrevista coletiva na última quinta-feira (23), a entidade explicou que usará partículas emaranhadas (fótons, prótons e elétrons) para que o sinal seja transmitido quase instantaneamente, por meio de redes de fibra óptica.

Conforme a agência, um protótipo da rede quântica já foi elaborado pelos cientistas do Laboratório Nacional de Argonne, próximo a Chicago, no estado do Illinois. No entanto, a conclusão do projeto é estimada em dez anos.

Durante testes em fevereiro deste ano, pesquisadores do DOE e da Universidade de Chicago, conseguiram entrelaçar fótons através de um ‘loop quântico’ de 84 quilômetros de extensão. Atualmente essa é a maior rede quântica criada no país.

Publicidade

Segundo Robert J. Zimmer, presidente da Universidade de Chicago, a construção de uma internet quântica, além de envolver estudos inteiramente novos a respeito do assunto, abre caminho para aplicações de novas tecnologias. Zimmer acrescenta que a internet quântica influenciará na sociedade, melhorando áreas relacionadas à segurança, à saúde pública e operações governamentais.

Publicidade

Inviolável

Devido ao fato de as partículas quânticas se comportarem de maneira anômala (mudam de forma e posição quando são observadas), o Departamento de Energia avalia que elas serão praticamente impossíveis de serem violadas por hackers.

Essa característica poderá fortalecer os serviços bancários e de saúde, além de proteger os computadores das agências de inteligência dos Estados Unidos e o sistema de comunicação das aeronaves.

Também existe a chance dos terremotos serem previstos por meio de sensores quânticos usados com este propósito. Essas possibilidades são apenas uma pequena fração do impacto gerado pela criação da internet quântica.

Publicidade
Artur Zingano Jr.

Escrito por Artur Zingano Jr.

Formado em Jornalismo pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), em 2008. Trabalhou como editor-chefe e repórter em jornais diários e como redator em portais de notícias online. Especialista em assuntos curiosos e bizarros, porém verídicos. Gosta de esquisitices? então vem comigo!