in

Soro com plasma de cavalo pode ser a nova arma contra coronavírus

A ideia é que os animais forneçam os anticorpos para o tratamento contra a Covid-19.

G1
Publicidade

Mais de 85 mil brasileiros já morreram de coronavírus em 2020. A doença está no topo das que mais matam no Brasil e, mesmo após quase cinco meses da pandemia de Covid-19, pouco se sabe como tratar a enfermidade, ou achar uma cura para a mesma.

Nesta sexta-feira, 24 de julho, por exemplo, a Agência de Vigilância Sanitária da Argentina, autorizou que fossem testes com um soro, que é feito a partir do plasma de cavalos. Essa plasma é feito a partir dos equinos que estão infectados com a Covid-19. O objetivo é que os equinos ajudem a criar anticorpos nos seres humanos infectados com a doença que preocupa o mundo. 

Na Argentina, Soro com plasma de cavalo vira esperança contra a Covid-19

A autorização da Agência de vigilância sanitária argentina permite que os testes possam ser feitos agora em humanos. Para isso, foi feito um protocolo clínico rígido, para que os testes sejam feitos com segurança. O objetivo é verificar a segurança do método no organismo. O soro foi desenvolvido por pesquisadores de uma universidade local com uma multinacional de biotecnologia do país.

Publicidade

Até o momento, vale lembrar que nenhum tratamento foi aprovado para lidar com o coronavírus. Os testes permitem avaliar agora se o soro com plasma de cavalo funciona.

Publicidade

Um estudo clínico feito por quatro hospitais da capital da Argentina entendeu que o estudo foi positivo e agora ele deve ser ampliado para mais dez unidades de saúde do país. A notícia traz esperança, já que o país é um dos mais abalados economicamente contra a Covid-19. 

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.