in

Mãe dá chumbinho para filhas gêmeas, tenta overdose por remédios e deixa carta: ‘acabei de me matar’

As meninas e a mulher de 42 anos sobreviveram, e estão internadas em um hospital no Distrito Federal.

YouTube/Metrópoles | Reprodução | Metrópoles/Divulgação
Publicidade

Uma mulher de 42 anos tentou se matar, ingerindo veneno ao combate de pragas, conhecido como chumbinho, juntamente com uma mistura de medicamentos. Antes, fez o mesmo com as duas filhas gêmeas, de 11 anos, e para os cães de estimação da família. Após os atos, deixou uma carta com instruções que deveriam ser tomadas pela família após as mortes.

Mãe tenta morte por overdose e dá chumbinho para filhas

A ocorrência se deu no Distrito Federal. O portal de notícias Metrópoles conseguiu acesso ao texto deixado pela mulher aos seus familiares. Em um dos trechos ela diz: “Tomei chumbinho e outros remédios.”

A mãe e as meninas gêmeas sobreviveram. A mulher está internada no Hospital Regional de Sobradinho (HRS) onde passa por exames. Já as filhas, passam bem, mas seguem em avaliação na mesma unidade de saúde. Ao receberem alta, deverão ser encaminhadas ao Conselho Tutelar.

Publicidade

Carta de despedida

O delegado-chefe da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho), Hudson Maldonado, responsável pelas investigações, afirma que a mulher de 42 anos tomou uma mistura de remédios antidepressivos e veneno para rato, conhecido popularmente como chumbinho. O mesmo quereria fazer com as filhas.

Publicidade

Na carta, a mulher deixou instruções para uma terceira pessoa, contendo todas as providências que deveriam ser tomadas após a sua morte. Pelo teor do texto, o delegado afirma que a vontade da mulher era clara no sentido de provocar a morte de suas filhas. “Ela tinha a intenção de, além de tirar a própria vida, também de matar as duas filhas”, disse.

Publicidade
Henrique

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.