in

Caso Tatiane Spitzner: Luis Felipe Manvailer vai a júri popular e advogado diz que ele é inocente

A Justiça do Paraná decidiu, na tarde desta sexta-feira, que Luis Felipe Manvailer vá a júri popular.

R7
Publicidade

Nesta sexta-feira, 17 de julho, o caso Tatiane Spitzner ganhou mais um capítulo. Isso porque a Justiça do estado do Paraná decidiu que Luis Felipe Manvailer, acusado de matar a vítima, vá ao chamado júri popular. A morte ocorreu em julho de 2018. Luis Felipe Manvailer nega ter assassinado Tatiane. Recentemente, ele foi absolvido do crime de cárcere privado.

A justiça também atendeu a um pedido da defesa, que pediu que Luis Felipe Manvailer fosse julgado ainda nesse ano. Em entrevista ao site Ric Mais, o advogado do acusado, Cláudio Dalledone Jr, falou sobre o assunto e garantiu que seu cliente é inocente, tendo convicção disso. 

Vídeo mostra Luís Felipe limpando elevador onde agrediu Tatiane Spitzner 

“Convicção essa que fez da defesa desistir de seus recursos em instâncias superiores e pedir à justiça que o levasse ao povo para ser julgado”, disse o defensor de Luís, que chegou a ser flagrado agredindo Tatiane na data do crime. Um vídeo, que pode ser visto abaixo, mostra ainda ao momento em que ele limpa o elevador onde a vítima foi agredida. 

Publicidade
Publicidade

Caso Tatiane Spitzner teve repercussão nacional e elevou discussão sobre feminicídio 

A morte de Tatiane Spitzner elevou a discussão sobre o feminicídio no Brasil. Mesmo após dois anos do crime, ele ainda gera muitas incertezas. 

Sabe-se apenas que a advogada caiu do quarto andar do prédio onde morava com o marido, no Centro Sul do estado do Paraná. Advogados do marido de Tatiane Spitzner acreditam que a advogada tenha tirado a própria vida, ou simplesmente caído do local. Ele, no entanto, é acusado de tirar a vida da esposa e jogar o corpo do prédio, tentando simular um possível suicídio. 

Publicidade
Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.