in

Vídeo mostra momento exato de homem salvando menino arremessado pela mãe de prédio em chamas; ela não resistiu

O ex-jogador e fuzileiro, Phillip Blanks salvou o menino de três anos, mas não se considera um herói, para ele a mãe do menino é a heroína.

Fotomontagem: The Sun/Metropoles
Publicidade

Um vídeo de uma criança sendo arremessada de um prédio em chamas está repercutindo bastante na Internet. A situação foi toda filmada e por muito pouco não terminou em tragédia, graças a atitude de um ex-jogador.

Phillip Blanks, ex-jogador de um time universitário e fuzileiro naval, colocou em prática sua agilidade de atleta para salvar a pequena criança que foi arremessada pela própria mãe de um prédio que estava pegando fogo.

O garotinho arremessado tem apenas três anos de idade, no vídeo abaixo é possível ouvir os gritos de espanto das pessoas que estavam no local, inclusive da mãe da criança que, para salvar a vida de seu filho, viu-se obrigada a arriscá-la e realizou o arremesso. O momento exato da criança caindo foi gravado e mostra o ato heroico do ex-jogador, que se jogou no chão para segurá-la.

Publicidade

Segundo informações do Jornal Metrópoles, o apartamento estava totalmente em chamas, quando a mãe da criança decidiu arremessá-la para tentar salvar sua vida. De acordo com a imprensa da região onde ocorreu o incêndio, a mulher não resistiu às queimaduras e veio a falacer, seu corpo já estava pegando fogo quando jogou o filho.

Publicidade

No relato dado por Phillip Blanks, herói responsável por salvar a vida do pequeno menino, ele disse que estava em casa quando ouviu pessoas gritando na rua. Em um primeiro momento, Blanks pensou que estava acontecendo alguma briga e saiu para tentar separar, foi quando se deparou com o prédio incendiado e o desespero da mãe.

Ao ver aquela cena, o ex-jogador e fuzileiro contou que chegou a prever o que estava para acontecer e detalhou o resgate: “A cabeça dele pousou perfeitamente no meu cotovelo. O cara que estava lá comigo parecia que não ia pegá-lo, por isso me joguei”. Apesar do ato de coragem, Phillip não se considera um herói, para ele, a mãe do garoto é uma verdadeira heroína, que se sacrificou para salvá-lo.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade