in

Maddie McCann: investigação descobre prova contra principal suspeito

O alemão Christian Brueckner é o principal suspeito pelo desaparecimento de Maddie McCann.

Maddie - As Notícias
Publicidade

O alemão Christian Brueckner é o principal suspeito pelo desaparecimento de Maddie McCann. A menina inglesa desapareceu em uma praia portuguesa, em 2007, quando ela tinha três anos de idade. Desde esse momento que o caso se tornou conhecido em todo o mundo e 13 anos depois, a polícia alemã acredita ter encontrado o autor desse crime. A polícia acredita também que a menina não está mais viva. Agora, um novo detalhe dá ainda mais força para essa ligação de Brueckner com o sumiço da pequena Maddie. 

Polícia aponta novas provas contra suspeito no caso Maddie McCann

A polícia alemã surpreendeu a todos, identificando Christian Brueckner, de 43 anos de idade, como principal suspeito pelo desaparecimento de Maddie, todos esses anos depois. Ainda assim, os investigadores alemães afirmaram não terem o corpo da menina, mas “evidências concretas” ligariam esse alemão com o desaparecimento misterioso. 

Quando a polícia revelou, recentemente, o nome e a foto do suspeito, um criminoso alemão, condenado por vários crimes de abusos, incluindo de crianças, o objetivo seria encontrar mais provas. De pessoas que possam ter contactado com Brueckner nesse ano de 2007, em que ele esteve na Praia da Luz, no Algarve, onde tudo aconteceu. 

Publicidade

Suspeito telefonou do local onde estava Maddie McCann

A peça chave em todo esse caso pode ser o número de telefone de Brueckner. Agora, de acordo com o apresentador da TV alemã Rudi Cerne, os investigadores sabem que o suspeito alemão telefonou “do mesmo lugar” em que a menina estava, no mesmo clube, uma hora antes do sumiço. Essa chamada pode ser decisiva para a resolução desse caso. 

Publicidade

“Nem uma hora antes de Maddie desaparecer. A ligação também veio do mesmo local em que a menina foi vista pela última vez viva, na Praia da Luz, no Algarve. Tenho a impressão de que algo importante está acontecendo agora”, revelou Cerne para a Focus, após ter entrevistado o investigador Christian Hope. 

Esse número de telefone está sendo investigado pelos policiais tem algum tempo e já se sabia que esteve falando com um número português durante 30 minutos, entre as 19h42 e as 20h12 na noite em que Maddie desapareceu do complexo de apartamentos do Ocean Club. 

A menina desapareceu na noite do 3 de maio de 2007, enquanto ela estava dormindo com seus irmãos gêmeos, Sean e Amelie, de dois anos de idade. Seus pais, os médicos Gerry e Kate McCann estavam jantando fora com amigos, quando tudo aconteceu. Lembrando que durante esses anos de investigação, a polícia portuguesa chegou a desconfiar de um envolvimento dos próprios pais no desaparecimento. Porém, o caso pode estar perto de ficar encerrado.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade