in

‘Morra quem morrer’, diz prefeito baiano, que logo depois sofre com represália nas redes sociais

A pandemia afetou diretamente a cidade de Itabuna, na Bahia, onde muitas pessoas sofrem com o novo coronavírus, que causa a doença Covid-19.

Reprodução: TV Bahia
Publicidade

A pandemia mundial causada pelo novo coronavírus vem afetando diretamente muitas cidades brasileiras. Uma delas é Itabuna, localizada no estado Bahia. O prefeito da respectiva cidade, Fernando Gomes, deu uma declaração polêmica nesta quarta-feira, 1 de julho.

Na cidade de Itabuna, 100% dos leitos de UTI estão ocupados. Ou seja, caso haja mais algum paciente em estado grave, este pode falecer em decorrência das faltas de equipamentos médicos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

No entanto, o essencial é que a cidade de Itabuna entre em uma quarentena total para que não hajam mais infectados pela doença Covid-19.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, o prefeito diz que reabrirá os comércios de Itabuna e diz ainda que adiou em um dia a abertura oficial.

Com a dúvida, com os nossos morrendo por causa de um leito em Itabuna, vou transferir essa abertura. No dia 8, mandei fazer o decreto, que no dia 9 abre, morra quem morrer“, disse.

Fernando Gomes foi muito criticado e pagou caro após a declaração repercutir em todo o Brasil, pois aitudes foram tomadas para que o mesmo se retratasse.

A assessoria de imprensa da prefeitura de Itabuna entrou em contato com a TV Bahia, afiliada da Rede Globo de Televisão, e informou que o prefeito foi “mal interpretado” em um momento que estava “sendo contrariado em meio a crise econômica” que enfrentaria a cidade baiana.

Itabuna tem 1.498 casos ativos do novo coronavírus e, até o momento, mais de 67 mortes foram registradas. A respectiva cidade tem cerca de 200 mil habitantes e é uma das com maiores números de casos da doença na Bahia.

O governador do estado, Rui Costa, disse que entrou em contato com Fernando Gomes e relatou que ele estaria sob pressão. No entanto, o governador disse ter pedido ao prefeito que o comércio de Itabuna não reabra.

Publicidade
Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com